Terça-feira, 23 de Janeiro de 2007

Como se identifica um Produto Biológico?

Os produtos biológicos têm de ter obrigatoriamente a indicação do Organismo Privado de controlo e Certificação e possuir este símbolo, ou ter a indicação escrita (caso não apareça o símbolo) que é um produto proveniente de Agricultura Biológica ou Modo de Produção biológico.

⇒ Cláudia, Daniela, Joana Luísa e Marta                                         

publicado por abiologica às 15:30

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 16 de Janeiro de 2007

Vantagens da Agricultura Biológica

  • São mais benéficos para a saúde;
  • Provêm de um método de cultivo mais amigo do ambiente;
  • Na sua produção houve controle e certificação;
  • Contribui-se para uma sociedade mais justa e económica;
  • Não são usados OGM na sua produção, (OGM= Organismos Geneticamente Modificados);
  • Os alimentos são mais saborosos;
  • O método de produção respeita o bem-estar animal;
  • São produtos que não contém aditivos prejudiciais;
  • A sua produção dignifica o agricultor e o meio, é dada prioridade às variedades regionais na produção;
  • A longo prazo é a única forma de deixarmos uma herança de orgulho às gerações vindouras.

⇒ Cláudia e Marta

publicado por abiologica às 16:12

link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|

Desvantagens

  • São mais caros que os produtos normais.
  • Existem poucos locais de venda, é preciso andar km para encontrar uma loja!
  • É raro encontrar um restaurante que confeccione refeições apenas com estes produtos.

Cuidado: podes encontrar alguns casos de falta de sinceridade.

⇒ Daniela Sousa 

publicado por abiologica às 15:52

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007

Artigo retirado do Jornal Maria da Fonte

"PRIMEIROS PORCOS BISAROS BIOLOGICOS NACIONAIS JÁ FORAM PARA ABATE  - PÓVOA DE LANHOSO QUER SER LIDER DE MERCADO NESTE PRODUTO"
 
 
0 "Os primeiros porcos de raça bisara, criados em modo de produção biológica, oriundos da Póvoa de Lanhoso, foram hoje abatidos para comercialização.
 A introdução do porco bísaro na Póvoa de Lanhoso é um dos resultados do projecto Biologic@ - Uma perspectiva Bioeconómica do Futuro.
O Bísaro é uma das duas raças portuguesas autóctones de suínos. Tal como o tão afamado porco preto que se cria no Alentejo, também o Bísaro proliferava na Região do Entre Douro e Minho, tendo aos poucos desaparecido da região pela introdução de cruzamentos de raças de mais rápido crescimento e com menos gordura. No entanto, é precisamente a sua gordura intramuscular que lhe torna a carne tão apetitosa quer para consumo em fresco quer para fumeiro.
Com o projecto Biologic@, o qual visa o desenvolvimento do concelho baseado na Bioeconomia, e na agricultura biológica, alguns proprietários agrícolas do concelho aderiram a este desafio e são hoje produtores de porco bísaro biológico.
Hoje é para o concelho um marco importante já que os primeiros desses bísaros foram para abate, destinados à transformação, e estarão num futuro muito próximo à disposição dos consumidores.
A Póvoa de Lanhoso quer ser líder de mercado neste produto, já que é o produto biológico de eleição do concelho, no qual está a ser feita uma grande aposta
Valorizar o que é autóctone, com respeito pelo ambiente e pela saúde dos consumidores, é o desafio que o município está a fazer juntamente com os agricultores que acreditaram no futuro deste projecto e ao qual estão a aderir com muita determinação".

⇒ Joana Luísa
 
publicado por abiologica às 16:00

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007

Biológic@

 

 

 Engenheira Natália

 Está à frenta do projecto Biológic@ aqui na Póvoa de Lanhoso. Trabalha na parte do campo.

 

 

 

⇒ Marta

publicado por abiologica às 16:07

link do post | comentar | favorito
|

Artigo para o jornal da escola

«A Póvoa tem pernas para andar…»

Sabes o que é a agricultura biológica? Sabes que está a ser desenvolvido um projecto de agricultura biológica aqui na Póvoa de Lanhoso, com o nome Biológic@, em parceria com outros países?

Pois é, nós também não sabíamos.

Nas aulas de Área Projecto foi-nos proposto que ao longo do ano lectivo desenvolvêssemos um projecto em volta de um tema sobre a Biotecnologia. Escolher um tema não foi fácil, mas, num ápice, ocorreu-nos falar sobre a Agricultura Biológica, e assim fizemos.

Estabelecemos como primeiro objectivo fazer uma entrevista com alguém que nos pudesse esclarecer sobre o assunto. Encontramos a Engenheira Natália Costa, Engenheira biológica, responsável pelos trabalhos em campo aqui na Póvoa de Lanhoso.

Neste artigo vamos tentar explicar-te o que é a agricultura biológica com a ajuda da entrevista que a Engenheira Natália nos deu.

A Agricultura Biológica é um sistema de produção de base ecológica, que recorre ao uso de boas práticas agrícolas com vista à manutenção e melhoria da fertilidade do solo, ao equilíbrio e à diversidade do ecossistema agrícola, promovendo a qualidade ambiental, o bem-estar animal e a saúde humana.

Para o efeito, utiliza métodos culturais, biológicos e mecânicos, sempre que possível, em detrimento de materiais sintéticos, e não emprega adubos nem pesticidas químicos de síntese.

A C.M. da Póvoa de Lanhoso é chefe de fila do projecto Biológic@, juntamente com a Irlanda, Suiça, LR (Canárias) e Itália.

Este projecto tem com objectivo a troca de experiências e a cooperação internacional entre parceiros que permitirá proporcionar um desenvolvimento regional sustentado, pois as acções centrar-se-ão na partilha de conhecimentos e colaboração a diferentes níveis, desde modos de produção às Novas Tecnologias.

Naturalmente que só um esforço global se conseguirá um impacto a diferentes escalas espaciais e por períodos alargados.

Ao nível regional e local procura-se suster o despovoamento de áreas deprimidas, como as áreas rurais, através da criação de alternativas de desenvolvimento económico e, segundo a engenheira Natália, a Póvoa tem um potencial nato para este tipo de produção agrícola, tal como ela disse: “a Póvoa tem pernas para andar…”, porque tem solos bastantes férteis e encontra-se relativamente perto dos pontos de escoamento destes produtos (Braga, Guimarães, Porto)..

Ao nível global procura-se despertar consciências para a necessidade de mudança de hábitos ao nível da produção sustentada de alimentos e do seu consumo.

Em síntese, este projecto visa a globalização harmoniosa da BioEconomia, prosseguindo o objectivo comum de construir um mundo melhor.

Artigo realizado por: Cláudia, Daniela, Joana Lúisa e Marta

publicado por abiologica às 15:42

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Bio Lanhoso

. Parque de Exposições de B...

. Para uma alimentação mais...

. Ervas Aromáticas e Chás

. Chocolates Biológicos

. As pessoas ao comprar pro...

. Como se identifica um Pro...

. Vantagens da Agricultura ...

. Desvantagens

. Artigo retirado do Jornal...

.arquivos

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds