Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007

Artigo para o jornal da escola

«A Póvoa tem pernas para andar…»

Sabes o que é a agricultura biológica? Sabes que está a ser desenvolvido um projecto de agricultura biológica aqui na Póvoa de Lanhoso, com o nome Biológic@, em parceria com outros países?

Pois é, nós também não sabíamos.

Nas aulas de Área Projecto foi-nos proposto que ao longo do ano lectivo desenvolvêssemos um projecto em volta de um tema sobre a Biotecnologia. Escolher um tema não foi fácil, mas, num ápice, ocorreu-nos falar sobre a Agricultura Biológica, e assim fizemos.

Estabelecemos como primeiro objectivo fazer uma entrevista com alguém que nos pudesse esclarecer sobre o assunto. Encontramos a Engenheira Natália Costa, Engenheira biológica, responsável pelos trabalhos em campo aqui na Póvoa de Lanhoso.

Neste artigo vamos tentar explicar-te o que é a agricultura biológica com a ajuda da entrevista que a Engenheira Natália nos deu.

A Agricultura Biológica é um sistema de produção de base ecológica, que recorre ao uso de boas práticas agrícolas com vista à manutenção e melhoria da fertilidade do solo, ao equilíbrio e à diversidade do ecossistema agrícola, promovendo a qualidade ambiental, o bem-estar animal e a saúde humana.

Para o efeito, utiliza métodos culturais, biológicos e mecânicos, sempre que possível, em detrimento de materiais sintéticos, e não emprega adubos nem pesticidas químicos de síntese.

A C.M. da Póvoa de Lanhoso é chefe de fila do projecto Biológic@, juntamente com a Irlanda, Suiça, LR (Canárias) e Itália.

Este projecto tem com objectivo a troca de experiências e a cooperação internacional entre parceiros que permitirá proporcionar um desenvolvimento regional sustentado, pois as acções centrar-se-ão na partilha de conhecimentos e colaboração a diferentes níveis, desde modos de produção às Novas Tecnologias.

Naturalmente que só um esforço global se conseguirá um impacto a diferentes escalas espaciais e por períodos alargados.

Ao nível regional e local procura-se suster o despovoamento de áreas deprimidas, como as áreas rurais, através da criação de alternativas de desenvolvimento económico e, segundo a engenheira Natália, a Póvoa tem um potencial nato para este tipo de produção agrícola, tal como ela disse: “a Póvoa tem pernas para andar…”, porque tem solos bastantes férteis e encontra-se relativamente perto dos pontos de escoamento destes produtos (Braga, Guimarães, Porto)..

Ao nível global procura-se despertar consciências para a necessidade de mudança de hábitos ao nível da produção sustentada de alimentos e do seu consumo.

Em síntese, este projecto visa a globalização harmoniosa da BioEconomia, prosseguindo o objectivo comum de construir um mundo melhor.

Artigo realizado por: Cláudia, Daniela, Joana Lúisa e Marta

publicado por abiologica às 15:42

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Bio Lanhoso

. Parque de Exposições de B...

. Para uma alimentação mais...

. Ervas Aromáticas e Chás

. Chocolates Biológicos

. As pessoas ao comprar pro...

. Como se identifica um Pro...

. Vantagens da Agricultura ...

. Desvantagens

. Artigo retirado do Jornal...

.arquivos

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds